Produza infográficos poderosos e aumente seu tráfego orgânico

Tempo de leitura: 11 minutos

Infográficos são representações visuais de uma informação. Eles permitem, de forma muito simplificada, traduzir uma informação que de outra maneira seria difícil explicar.

É uma forma rápida e eficaz de atingir seu público, compartilhar informações complexas de forma fácil, atraindo mais visitas e cadastros para seu site ou loja. Infográficos estão entre os conteúdos mais compartilhados nas redes sociais.

O cérebro humano processa dados visuais 60 mil vezes mais rápido do que qualquer outro tipo de dado e 90% da informação que é transmitida ao cérebro é visual.

Pessoas são visuais por natureza. Então, por que não usar essa habilidade para o melhor entendimento do seu produto ou serviço?

Neste artigo, vou ensinar você como produzir infográficos impossíveis de serem ignorados e como transformá-los em uma fonte de tráfego orgânico para o seu site.

Produzindo o infográfico

Defina seu público-alvo

Defina seu publico-alvo

A primeira coisa que você deve ter em mente é quem é o seu público-alvo e o que ele valoriza. Lembre-se que ele é a pessoa mais importante desse processo.

Faça algumas perguntas para entender melhor sua audiência.

Qual tipo de linguagem é melhor: formal ou informal?

Que tipo de infográfico irá se conectar melhor com esse público? Fluxogramas, fatos, estatísticas, linha do tempo, passo a passo. Defina a sua estrutura.

Por que as pessoas vão preferir o seu infográfico? Qual é a sua proposta única de valor?

Crie o seu storytelling

Crie seu Storytelling

Storytelling, se você ainda não está familiarizado com esse termo -, é, na prática, contar uma boa história. Não qualquer história, mas sim aquela que retenha a atenção da sua audiência.

Um bom storytelling é aquele que ao final da história você não só reteve a atenção, mas conseguiu marcar sua história na memória do interlocutor.

Qual é a sua mensagem principal? A resposta é: Se a sua audiência tivesse que se lembrar de apenas uma coisa, o que seria?

Transforme sua mensagem principal em um título impossível de ser ignorado por sua audiência.

Trabalhe no começo, no meio e na conclusão da sua história. O desfecho deve ser poderoso para manter a história “viva”.

Defina a estrutura

Agora que você já conhece o seu público e definiu o tema que irá abordar, vamos para as definições práticas:

Título: Representa a sua mensagem principal.

Subtítulo: Serve para dar suporte à ideia central.

Defina os blocos: Quais fatos ou informações ancoram cada seção da sua história visual?

Finalize com um call to action: toda a história visual deve levar a uma conclusão ou a uma ação para quem a consome. O último bloco do seu infográfico deve conduzir à ação desejada.

Fontes de dados e referências: A confiança desempenha papel fundamental na hora de compartilhar conteúdo. Sempre coloque todas as fontes que utilizou como base para a sua pesquisa. Use fontes confiáveis.

Faça rascunhos, até definir como será o seu projeto. Se a informação for clara para você também será para quem a consumir. Quando você estiver convencido de que tem os dados corretos para iniciar, comece então a estruturar.

Tipos de Infográficos

Existem diversos tipos de infográficos que você poderá utilizar para representar o seu produto o seu serviço ou a sua ideia. Neste artigo vou apresentar três estruturas que você poderá utilizar. São elas:

1. Fluxogramas

Fluxogramas

Fluxogramas podem ser baseados em perguntas e respostas, as quais levem seu cliente a uma tomada de decisão à quebra de objeção ou ao entendimento de como seu produto funciona.

2. Dicas, estatísticas e comparativos

dicas e fatos

Dicas e listas sempre têm alto poder de engajamento. Transforme os benefícios do seu produto em um infográfico. Conteúdo valioso ajuda a converter clientes em potencial em clientes com alto poder de recompra.

Dados estatísticos servem como apoio e ajudam a estabelecer confiança. Eles demonstram que você não é o único que acredita na veracidade do assunto.

Comparativos também são excelentes para promover informação. Você pode, por exemplo, pegar produtos de uma categoria e compará-los entre si.

3. Linha do tempo e fatos

dicas e fatos

Linha do tempo é uma excelente opção para contar uma história ou demonstrar uma série de fatos ocorridos num determinado período. Basta adicionar datas, ícones ou imagens para contextualizar que contextualiza a história que deseja contar.

Defina sua paleta de cores

Cores, o sucesso do seu infográfico pode estar nelas. A definição de uma boa paleta determina o impacto da sua mensagem e o sucesso da conversão.

As cores estão diretamente relacionadas às emoções pois as pessoas agem com base no que sentem, então você precisa definir uma paleta de cores que as façam sentir algo.

Defina as cores principais e secundárias. Mantenha o foco de um visual limpo, muitas cores podem atrapalhar. A máxima para qualquer projeto gráfico de sucesso é que menos é mais. Muitas cores podem tornar difícil o entendimento.

Se você não tem a menor ideia de como criar uma paleta de cores, não se preocupe, porque existem diversas ferramentas disponíveis que poderão lhe ajudar a compor sua paleta.

3 ferramentas online para trabalhar com cores:

Adobe Color CC

O Adobe Color CC é um aplicativo que permite capturar cores, criar e compartilhar paletas, além de funcionar em conjunto a outros aplicativos da Adobe.

adobe color cc

COLOURlovers

COLOURlovers é uma comunidade criativa na qual pessoas de todo o mundo criam e compartilham cores, paletas e padrões, e também discutem as últimas tendências.

0to255

Com o 0to255 você digita o valor hexadecimal de uma cor e visualiza todas as suas variações, do tom mais claro ao o mais escuro.

BÔNUS: Minhas 10 paletas prediletas… vem comigo que você passa de ano!

Ao longo dos anos trabalhados como designer, montar paletas personalizadas para cada cliente ou projeto foi um aprendizado constante. Pude testar muitas coisas e saber o que funcionava ou não.

Separei as 10 paletas que são impossíveis de não trazer bons resultados, assim você poderá começar o seu projeto com o pé direito.

Paleta 01

Paleta 02

Paleta 03

Paleta 04

Paleta 05

Paleta 06

Paleta 07

Paleta 08

Paleta 09

Paleta 10

Defina o design

Finalmente, chegou a hora de desenhar seu infográfico. Você poderá optar em fazer sozinho ou pedir ajuda a um designer.

Se optar por pedir para um designer, peça referências de trabalhos já executados por ele, a fim de avaliá-los, e certifique-se de passar um briefing bem detalhado, contendo todos os pontos que são importantes para o seu projeto.

Outra forma interessante de fazer isso é utilizando plataformas colaborativas que conectam profissionais às empresas, como a workana. Você pode cadastrar o seu projeto e rapidamente centenas de profissionais se candidatam para executá-lo, e você fica sabendo na hora o quanto vai pagar.

Sua verba está curta e quer arriscar fazer seu próprio projeto? Nesse caso eu recomendo que utilize a Canva ou a Infogram. São plataformas que, mesmo a partir da versão free, possibilitam  fazer um projeto com muita qualidade.

O importante é ter em mente que o seu infográfico deve ser visualmente limpo. Opte por ícones e formas claras e de fácil entendimento.

Utilize famílias de fontes variadas, mas não exagere! Defina no máximo três. Uma bem impactante para o título, outra para o subtítulo e outra para os textos de apoio em cada bloco.

A leitura deve ser instantânea, não utilize fontes que dificulte o entendimento da mensagem. Tenha em mente sempre a legibilidade, a menor fonte utilizada nos textos de apoio deve ser igual ou maior que 16px.

Conduza a leitura em blocos separando assuntos, utilize linhas e mudanças de cores de um bloco para outro para separará-los de maneira correta.

Como conseguir tráfego orgânico utilizando seu infográfico

Agora que você já sabe como produzir seu infográfico, chegou a hora de divulgá-lo e atrair mais visitas para o seu site. Mas como fazer isso de maneira orgânica?

Utilize todas as suas mídias sociais, a fim de atrair visitantes para o seu tema.

A dica de ouro aqui é não divulgar o infográfico inteiro. Crie uma cover ou divulgue parcialmente o conteúdo, dessa forma você irá forçar o clique até seu site e assim poderá gerar mais visitas e autoridade como o criador do conteúdo.

Faça link building

Link o quê? Ok, se você nunca ouviu essa expressão antes eu vou te explicar do que se trata esse conceito.

Trata-se de uma técnica muito utilizada para conseguir links para uma página, com a intenção de aumentar a sua relevância em mecanismos de buscas como o Google, por exemplo.

Ainda está complicado de entender? Vamos pensar como se fosse na vida real.

Vamos supor que você queira uma indicação de onde comprar “o melhor bolo de chocolate do mundo”. Você pergunta para 10 amigos e 8 indicam a mesma loja de bolos. Você realmente vai acreditar que aquela loja vende “o melhor bolo de chocolate do mundo”, mesmo sem nunca ter provado.

Agora imagine se, além dos seus 10 amigos, uma celebridade ou o Presidente da República declarasse publicamente que aquele bolo é de fato o melhor.

Dessa mesma forma funcionam os motores de busca, eles atribuem notas para cada site da Internet de acordo com a sua relevância. Basicamente baseiam-se em quantidade e em qualidade.

A quantidade é medida pela diversidade de links que levam até você e a diversidade de tipos de domínio. A qualidade é medida pela relação do seu conteúdo com a fonte que o publicou, não faz sentido o assunto do seu infográfico tratar de moda e ser publicado em um conteúdo de culinária. Os robôs de busca são bem espertos e conseguem entender essa relação.

Existem duas formas de se fazer link building. A primeira é entrar em contato com outros sites, enviar uma mensagem e oferecer o seu conteúdo para ajudar a complementar o assunto que está sendo tratado em um post. É semelhante ao trabalho de uma assessoria de imprensa.

A segunda forma, que é bem menos trabalhosa, é deixar disponível o código de incorporação da imagem logo abaixo do seu infográfico, assim qualquer pessoa que utilizar esse código estará fazendo um guestographics com você.

guestographics
Exemplo de guestographics no site Viver de Blog

Utilize o Pinterest

Sim! Esta dica eu deixei para o final porque o Pinterest é uma rede social gratuita, que funciona como um catálogo mundial de ideias.

O Pinterest tem mais de 200 milhões de usuários, sendo que 50% dessa base é fora dos Estados Unidos. A média de compartilhamento mensal é de 100 BILHÕES de pins e um tráfego de 80% de dispositivos móveis.

Os conteúdos mais “pinados” por lá são infográficos, portanto se você fizer um bom trabalho a chance do seu conteúdo viralizar dentro da plataforma é muito grande.

Navegue no Pinterest e conheça a plataforma, perceba o quanto a qualidade visual de cada pin faz diferença na rede. Utilize o campo de busca para procurar pessoas que estejam falando sobre o mesmo assunto que você.

O mais legal é que o Pinterest tem muita relevância para os motores de busca, então capriche na hora de colocar a descrição do seu gráfico, isso ajudará na triangulação do motor de busca, o Pinterest e seu site.

Estou preparando um artigo bem completo sobre essa plataforma. Então, inscreva-se para ser avisado quando eu postá-lo aqui no blog, combinado?

Quem me conhece sabe que eu amo cores!

Eu não poderia ir embora sem antes compartilhar este artigo incrível sobre Como as paletas de cores determinam o clima dos filmes.

 

Se você gostou deste artigo, compartilhe!

Ferramentas:

Workana: https://www.workana.com/pt
Visually: https://visual.ly/m/how-it-works/
Infogram: https://infogram.com/
Canva: https://www.canva.com/

Bibliografia:
Humans Process Visual Data Better: http://www.t-sciences.com/news/humans-process-visual-data-better

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.